Parque de São Roque

P1030468

Situado na Rua de São Roque da Lameira,  este parque público, propriedade da Câmara Municipal do Porto, foi inaugurado em 20 de Julho de 1979, após aquisição à família Cálen de duas parcelas (casa e jardins e posteriormente a mata e anexos) que constituíam a designada Quinta da Lameira.

Trata-se de um belo espaço público, com bons pontos de vista sobre o Rio Douro, desenhado em patamares e que possuiu um lago, várias fontes, um jardim de camélias que vale a pena visitar nesta altura do ano, um parque infantil, centro de educação ambiental, bancos e mesas de jardim para se repousar e  instalações sanitárias.

A casa cuja construção terá sido concluída em 1759, encontra-se em recuperação para instalação da colecção de arte contemporânea de Pedro Torcato Álvares Pereira a quem a CMP arrendou aquelas instalações por 15 anos.

Os jardins são muito agradáveis de percorrer, sendo de destacar o enorme e raro labirinto de Buxus sempervirens.

P1030451.JPG

Na parte superior dos jardins ou zona de mata, existe uma capela que ali foi reconstruída e que estava situada originalmente (até 1979) ,no Largo do Actor Dias e que situava mesmo em frente ao torreão da muralha fernandina.

No entanto, embora seja essa a informação oficial constante de todos os sites consultados, a verdade é que olhando para a capela tal como está hoje reconstruída no Parque de São Roque e uma fotografia da mesma capela quando estava no actual Largo Actor Dias há diferenças significativas não parecendo a mesma capela. Desde logo a diferença nos dois pórticos por cima da entrada, a altura das duas capelas e a inexistência na dita reconstrução do óculo original.

P1030458.JPG

capela largo actor dias2

Continuar a ler

Anúncios