31 de Janeiro de 1927

Por decreto de 12 de Outubro de 1910,  foi fixado, entre outros, o feriado nacional de 31 de Janeiro, como dia dos Percursores e Mártires da República.
Assim, entre 1911 e 1952 (altura em que foi extinto), foi comemorada a revolta portuense como festa nacional. 
Este pequeno filme, produzido pelos Serviços Cartográficos do Exército, em 1927, assinala a presença do Presidente da República, General Oscar Carmona na cidade do Porto, homenageando aqueles acontecimentos e condecorando diversos militares. 
As cerimónias, efectuadas na Praça da Liberdade deixam ver a rua dos clériogos e sua torre, e a bem conhecida e ainda existente Casa Navarro, para além de alguns edifícios em construção na avenida que se então se construía. 
O edifício da antiga Câmara Municipal havia já sido demolido em 1921, pelo que é visível ao fundo, em alguns planos a Igreja da Trindade, pois que a nova câmara ainda estava longe de sequer iniciar a construção. Pode ainda vê-se o Largo da Batalha onde decorre o dito «cortejo civil». E por fim a homenagem no Cemitério do Prado do Repouso, junto ao monumento que assinala esta data.

Escassos dias depois, a 3 de Fevereiro, rebentava na cidade do Porto uma revolta liderada pelo General Sousa Dias contra o governo de ditadura militar que terminou apenas no dia 9 e que se saldou num total de 80 mortos e 360 feridos.
Curiosamente, tal revolta foi liderada pelo Regimento de Caçadores 9, que neste filme vemos o Presidente da República a homenagear….

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

31 de Janeiro de 1927

Por decreto de 12 de Outubro de 1910,  foi fixado, entre outros, o feriado nacional de 31 de Janeiro, como dia dos Percursores e Mártires da República.
Assim, entre 1911 e 1952 (altura em que foi extinto), foi comemorada a revolta portuense como festa nacional. 
Este pequeno filme, produzido pelos Serviços Cartográficos do Exército, em 1927, assinala a presença do Presidente da República, General Oscar Carmona na cidade do Porto, homenageando aqueles acontecimentos e condecorando diversos militares. 
As cerimónias, efectuadas na Praça da Liberdade deixam ver a rua dos clériogos e sua torre, e a bem conhecida e ainda existente Casa Navarro, para além de alguns edifícios em construção na avenida que se então se construía. 
O edifício da antiga Câmara Municipal havia já sido demolido em 1921, pelo que é visível ao fundo, em alguns planos a Igreja da Trindade, pois que a nova câmara ainda estava longe de sequer iniciar a construção. Pode ainda vê-se o Largo da Batalha onde decorre o dito «cortejo civil». E por fim a homenagem no Cemitério do Prado do Repouso, junto ao monumento que assinala esta data.

Escassos dias depois, a 3 de Fevereiro, rebentava na cidade do Porto uma revolta liderada pelo General Sousa Dias contra o governo de ditadura militar que terminou apenas no dia 9 e que se saldou num total de 80 mortos e 360 feridos.
Curiosamente, tal revolta foi liderada pelo Regimento de Caçadores 9, que neste filme vemos o Presidente da República a homenagear….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s