Primórdios do cinema no Porto – cronologia

26 DE AGOSTO de 1896 – No Teatro do Príncipe Real (Porto), é apresentado à Imprensa o ANIMATOGRAPHO PORTUGUEZ PINTO MOREIRA; sessões públicas a partir do dia seguinte, com doze quadros, “todos de completa novidade e alguns de esplêndido efeito” (“Jornal de Notícias”).
8 DE NOVEMBRO de 1896 – Teatro do Príncipe Real (Porto) apresenta UMA SALVA DE ARTILHARIA NA SERRA DO PILAR de Aurélio da Paz dos Reis e Francisco de Magalhães Bastos Júnior; em cartaz até 14 de Novembro.
10 DE NOVEMBRO de 1896 – Teatro do Príncipe Real  apresenta no KINETOGRAPHO PORTUGUEZ PAZ DOS REIS, também operador com Francisco Magalhães de Bastos Júnior; “quadros de assuntos locais” (“O Comércio do Porto”).
11 DE NOVEMBRO de 1896 – Aurélio da Paz dos Reis apresenta CENAS DA VIDA PARISIENSE; fita divulgada em Sessão Jornalística a 30 de Outubro (“A Voz Pública”).
12 DE NOVEMBRO de 1896 – Primeira sessão do Kinetographo Portuguez, no Teatro do Príncipe Real, com a projecção de SAÍDA DO PESSOAL OPERÁRIO DA FÁBRICA CONFIANÇA (Rua de Santa Catarina, Porto) de Aurélio da Paz dos Reis e Francisco de Magalhães Bastos Júnior.

16 DE NOVEMBRO de 1900 – Baillac & Pigassou filmam (realização e fotografia) NA PRAÇA DE D. PEDRO/PORTO, documentário a exibir no Salão Águia d’Ouro.

23 DE NOVEMBRO de 1900 – Águia d’Ouro (Porto) estreia CORTEJO FÚNEBRE DO SAUDOSO MAESTRO CYRIACO CARDOSO, ocorrido em 16 de Novembro, com passagem na Praça da Batalha; reportagem por Baillac & Pigassou, do Royal Kosmograph.
20 DE DEZEMBRO de 1896 – No Porto (Rua do Bonjardim), é inaugurado o SALÃO EXPRESS; dedicado “aos maravilhosos inventos de Edison”.
8 DE SETEMBRO de 1906 – Teatro Águia d’Ouro (Porto) estreia a actualidade EL-REI DE PORTUGAL EM PARIS, “em apresentação do Cinenematographo Parisiense, da Pathé”.
23 DE DEZEMBRO de 1906 – No Porto (Largo da Cordoaria/Campo dos Mártires da Pátria), é inaugurado o SALÃO HIGH LIFE, pela empresa Neves & Pascaud; “elegante pavilhão, aos Clérigos”, com Cinematographo Pathé, sendo proprietários Manuel Neves e Eduardo C. Pascaud.
10 DE FEVEREIRO de 1907 – No Porto, é inaugurado o SALÃO SANTA CATARINA.
30 DE MARÇO – 1907 – No Porto, é inaugurado o “grandioso pavilhão” SALÃO CINEMATOGRÁFICO PORTUENSE, no Pátio Paraíso (ao Bonjardim) ou dos Bombeiros Voluntários – cuja banda toca no intervalo das sessões, quatro “a partir das 8 horas”; em Julho, passou a chamar-se Animatographo do Paraíso; em Outubro, Salão d’Elite.
27 DE ABRIL de 1907 – No Porto (Rua Alexandre Herculano), é inaugurado o CINE-PALAIS, propriedade de Don Antonio Manresa.
9 DE MAIO de 1907 – No Porto (Praça dos Voluntários da Rainha/Rua das Carmelitas) é inaugurado o ANIMATOGRAPHO DOS GRANDES ARMAZENS DO CHIADO; “nos baixos da casa, onde têm lugar cerca de mil pessoas, todo instalado com luxo e bem disposto”; “destinado aos fregueses, segundo as compras”.
8 DE JULHO 1907 – No Porto (Largo Marquês de Pombal/Rua da Constituição), é inaugurado o SALÃO MARQUEZ DE POMBAL, sendo empresário Armindo José Fernandes.
7 DE AGOSTO de 1907 – No Paraíso (Pátio dos Voluntários – Porto) estreia EXCURSÃO À MADEIRA; reportagem apresentada em Lisboa (Jardim de Inverno do D. Amélia) a 27 de Julho.
9 DE AGOSTO de 1907 – No Porto (Rua D. Carlos\José Falcão/Rua da Conceição), é inaugurado o SALÃO PATHÉ, com “uma série de portas inteligentemente combinadas”.
9 DE AGOSTO de 1909 – Salão High-Life (Porto) estreia S.M. EL-REI D. MANUEL II NO PORTO; inclui “passagem na Praça D. Pedro e lançamento da primeira pedra na Praça Mouzinho de Albuquerque do Monumento à Guerra Peninsular”.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s